Consumir a linhaça nos dá a sensação de dever cumprido para com nossa saúde, já que há tantos efeitos milagrosos associados ao seu consumo. Mas será que só isso é o suficiente para curar suas doenças e fazer seus tratamentos? Será que não há nada mais necessário para que sua vida seja mais saudável? A linhaça é uma ótima fonte de nutrientes, mas não faz milagres.
Consumir linhaça é um hábito saudável, cada dia mais popular entre aqueles que buscam uma melhora na qualidade de vida. O problema é que no desespero, poucos se importam no limite saudável para o consumo da linhaças, achando que comer qualquer quantidade fará bem. É necessário que você saiba os limites e tome cuidado com os excessos.
A semente de linhaça está entre as principais consumidas entre os produtos integrais. Mas existem limitações ou problemas no consumo da linhaça com outras sementes ou grãos? Verificaremos isto neste artigo, além de incluir orientações para o melhor consumo da linhaça.
A linhaça pode ser utilizada não somente para a alimentação, mas para o tratamento da pele e cabelos com máscaras faciais e capilares. Conheça aqui a receita de máscara capilar de linhaça, excelente na hidratação dos cabelos e saúde do couro cabeludo.
A ingestão da linhaça em suas variadas formas - semente, farinha ou óleo - não é a única maneira de usufruir de seus benefícios. Pelo seu alto poder cicatrizante e antiinflamatório, a linhaça é utilizada também em máscaras faciais. Conheça a receita de uma máscara hidratante de linhaça. Fácil de fazer e eficaz no tratamento da pele.
Muitas pessoas se perguntam: "A linhaça engorda?". E se perguntam justamente por que há presença de gordura na semente de linhaça. Mas a gordura da linhaça é o ômega 3 e 6, "gorduras boas", responsáveis por inúmeros benefícios no organismo. A linhaça na verdade ajuda a emagrecer. Saiba por que!