Quais grãos podem ser consumidos com a linhaça?

Escrito na categoria "Consumo de linhaça" por André M. Coelho.

Você está mudando seus hábitos alimentares e já sabe de todos os benefícios da linhaça. Já descobriu como preparar os grãos para consumo e qual a melhor forma de inserir o consumo em sua rotina. Apesar disso, é bom ter mais opções de preparo, quebrando um pouco mais a rotina e absorvendo mais substâncias que fazem seu corpo mais saudável.

Uma dúvida comum para os novatos nesse mundo é se há um limite de consumo para tais produtos. Sim, há limites para consumir a semente de linhaça e não espere que consumir tais produtos saudáveis proporcione apenas efeitos positivos. Lembra de quando sua mãe falava que tudo em excesso faz mal? O mesmo vale para linhaça e outros grãos.

Além do excesso, algumas misturas podem ser prejudiciais. O que nos leva a perguntar: quais grãos podem ser consumidos com a linhaça?

Abóbora, girassol, gergelim, chia são algumas opções iniciais para a mistura. Todas são fontes de fibras, vitaminas, sais minerais, proteínas e antioxidantes. Suas funções são basicamente as mesmas, regulando o intestino, protegendo contra doenças cardiovasculares, combatendo o envelhecimento e ajudando na prevenção e combate a osteoporose. Como todas tem funções parecidas, o que é importante aqui não é a mistura em si, mas o consumo total das sementes.

Alimentação saudável com grãos

Não tenha medo: misturar grãos para melhorar sua alimentação não tem problema algum. O único problema é a quantidade, que pode causar problemas como diarreia e dores de cabeça. (Foto: come-se.blogspot.com)

O que é recomendado e pegar a mistura de partes iguais de sementes para cada receita. O limite recomendado para o consumo da linhaça são de 25 gramas por dia. Podemos aumentar a mistura para um composto de 50 gramas, misturando os elementos diversos e benéficos de todas as sementes. Esta mistura então deve ser acrescentada nas receitas de seu consumo diário, seja vitaminas, pães ou apenas complementos para seus pratos normais.

Outra recomendação válida é buscar o auxílio de um nutricionista para definir a quantidade certa de grãos para sua dieta. Ele, melhor do que qualquer outra pessoa, pode te dar uma orientação correta e apropriada para a alimentação complementada com os grãos.

Todos os grãos são formados por três partes: o farelo, o gérmen e endosperma. O primeiro é fonte de fibra, o segundo de proteínas, vitaminas e minerais e o terceiro é rico em amido. Para aproveitar todas essas partes mais as proteínas e vitaminas presentes neste tipo de alimento, a melhor forma de consumo é sua utilização inteira em alimentos integrais.

Para finalizar, não se esqueça de buscar algumas receitas com os grãos novos e fazer cada vez misturas criativas e saudáveis, tornando sua alimentação um hobby agradável e que te motiva a sempre buscar coisas novas.

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Desde que era obeso na adolescência, André teve que se preocupar com uma dieta saudável. Mesmo assim, aos 30 anos, teve um AVC que exigiu ainda mais mudanças na dieta. Encontrou na linhaça uma ótima fonte de nutrientes. Assim, passou a pesquisar alimentos e escrever sobre como usar a linhaça para melhorar a saúde.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista. Procure sempre orientação médica presencial antes de consumir ou utilizar qualquer produto ou substância.

Deixe um comentário