Artigos sobre Como consumir a linhaça

15 Perguntas e respostas sobre Linhaça!

Com o crescente consumo da linhaça como fonte de nutrientes para sua alimentação, é natural que várias perguntas também apareçam. E é por isso que neste artigo buscaremos esclarecer algumas destas perguntas para você.

Qual a diferença entre a linhaça marrom e a dourada?

Falando dos benefícios para a saúde, ambas são muito similares. A marrom, brasileira, é mais barata e é normalmente mais rica em ômega-3 do que a versão dourada, importada geralmente do Canadá.

Quais as principais características da Linhaça e suas indicações?

Além de ser rica em ômega-3, que são excelentes agentes anti-inflamatórios e regeneradores celulares, elas podem ajudar na queima rápida de calorias. É também rica em fibras e outras substâncias que ajudam no funcionamento da flora intestinal. A riqueza em proteínas ajuda também no funcionamento das funções cerebrais e as substâncias antioxidantes nela presente são creditadas como benéficas para retardar o envelhecimento celular.

Existe limite de consumo diário?

Não há necessariamente um limite para o consumo. Mas é recomendado um consumo moderado para a linhaça devido a sua alta concentração energética, sendo 2 colheres de sopa por dia para adultos e 1 colher de sopa por dia para crianças até 12 anos de idade.

Consumo da linhaça

Imagine só um pão delicioso como esse com linhaça? É uma receita fácil e com muitos benefícios para sua saúde. (Foto: http://www.ellies-whole-grains.com)

Qual a maneira mais saudável de consumir a linhaça?

Sempre opte por comprar a semente em sua forma mais pura e orgânica, evitando assim que ela oxide rapidamente. O óleo deve ser consumido em poucas semanas após sua abertura e a semente triturada pode conter substâncias antioxidantes que diminuem a eficácia da linhaça. Sempre faça a germinação da linhaça antes de seu consumo e não jogue o líquido da germinação fora, uma vez que ele também conterá preciosos nutrientes para sua alimentação.

A linhaça também é indicada para quem deseja emagrecer? Por que?

Por possuir muitas fibras, a linhaça faz com que seu sistema digestivo funcione melhor, desintoxicando seu corpo de substâncias que fazem mais mal do que bem. O consumo da linhaça também faz com que seu cérebro libere um hormônico em seu corpo chamado colecistocinina, que provoca a sensação de saciedade.

Qual a forma correta de consumir a linhaça?

A linhaça é melhor consumida quando fresca, isto é, quando é germinada ou preparada pouco antes de seu consumo. Vitaminas são muito populares. Entretanto, a mistura da semente nas principais refeições também pode ser muito benéfica.

O óleo oferece o mesmo benefício que a semente? Por que?

Cada um traz benefícios diferentes. A semente, em sua forma integral, traz mais dos nutrientes da linhaça para sua dieta. Já o óleo tende a ter uma maior concentração de ômega-3, muito utilizado na fabricação de cápsulas de suplementos alimentares baseados na linhaça. O óleo também pode ter outras aplicações, como tratamentos estéticos e na marcenaria.

Quais receitas caseiras são simples de preparar com a linhaça?

Além do já citado consumo da linhaça com vitaminas e misturada com as principais refeições, a linhaça pode ser consumida com diversos alimentos. Porém, prefira misturá-la com saladas, alimentos naturais e crus, evitando que você tenha efeitos indesejados, como gases ou diarreia.

Semente de linhaça contém glúten?

Nenhuma das variedades da semente de linhaça contém glúten, a não ser quando misturadas com outras substâncias em receitas e produtos industrializados.

Linhaça e refeições

A linhaça pode complementar as principais refeições de seu dia. É só misturada algumas sementes na receita e pronto! (Foto: http://1.bp.blogspot.com)

Guardar a semente triturada é errado?

Com certeza absoluta. Ao triturar a semente, você acelera o processo de oxidação e faz com que muitos dos nutrientes se percam. Porém, se triturar a semente for sua única opção, consuma a linhaça triturada em poucos dias e a armazene em um pote fechado, longe de fontes de luz, evitando assim que ela faça mais mal do que bem para sua saúde.

É preciso de receita médica para consumir a linhaça?

O consumo da linhaça não precisa de receita médica. Porém, se você apresenta um histórico de sensibilidade a certos alimentos ou já tem problemas de alimentação, a recomendação é que você consulte um médico e um nutricionista para orientá-lo melhor sobre como incluir a linhaça em sua alimentação.

A linhaça funciona para travesseiros?

Sim, funcionando muito bem no propósito de criar produtos aromaterápicos. Mas lembre-se que a aromaterapia pode ser só um placebo e a promessa de efeitos muito milagrosos devem ser questionados.

Diabéticos podem consumir linhaça?

Sim. Inclusive, é creditada à linhaça alguns benefícios para baixar os níveis de açúcar no sangue. É um alimento de baixo nível glicêmico, tornando-a uma excelente opção para diabéticos. Recomendamos 1-2 colheres de sopa pela manhã e 1-2 à noite. Se você tem muitos picos de açúcar no sangue, coma uma colher se sopa 3-4 vezes por dia.

Eu sou vegetariano. Deveria incluir a linhaça na minha dieta?

Muitos vegetarianos não consomem proteína suficiente em suas dietas. Uma forma para adicionar a proteína nas dietas é comendo algumas colheres de sopa da linhaça por dia. Além das proteínas, a linhaça também contém ácidos graxos essenciais (como o ômega-3, que normalmente só é encontrado ricamente em peixes), fitoquímicos, vitaminas, potássio e outros minerais.

A linhaça do supermercado é a mesma vendida na feira orgânica?

Não. Com a popularização da linhaça, virou senso comum das fabricantes de produtos saudáveis incluírem a linhaça em todas as suas receitas ou até mesmo venderem pacotes de sementes de linhaça. Quanto mais industrializada a linhaça for, menor será a quantidade de nutrientes. Portanto, busque evitar a compra da linhaça de outra forma que não seja a mair orgânica possível.

Preços da linhaça? Qual dos tipos sai mais em conta?

Ter uma vida saudável te leva a uma vida que pode ser muito mais barata, cortando alimentos processados que podem te fazer muito mal e que são muito caros. Com a linhaça, além dos preços, temos que pensar também na forma que vamos comprá-la: óleo, cápsula, moída, farinha, triturada, semente. Cada uma tem suas vantagens e cada um também tem seus respectivos preços. Qual a vantagem de cada tipo e qual o preço de cada um? Vamos analisar com muita calma.

Óleo de linhaça

As sementes da linhaça contém lignanas, uma classe de fitoestrógenos que tem pode antioxidante e propriedades que previnem o câncer. Segundo alguns, o óleo extraído da linhaça não contém as lignanas encontradas nas sementes, provavelmente não tendo também as propriedades anti-oxidantes. Algumas marcas adicionam lignanas durante a produção. Um problema muito comum do óleo de linhaça é que ele oxida facilmente, ficando com o gosto rançoso e um odor desagradável quando não refrigerado. E mesmo na geladeira, sua vida útil é de poucas semanas. Este óleo é também muito bom para cozinhar, uma vez que o ácido linolênico pode suportar temperaturas de até 177 graus por duas horas. O óleo de linhaça é uma boa opção para quem já tem um consumo regular deste nutriente e utiliza muito óleo em seus alimentos, sabendo que ele irá acabar antes de perder seu gosto natural. O valor médio para o óleo de linhaça é de R$13,50 para uma garrafa com 250 ml, um preço parecido com o azeite de oliva extra virgem.

Formas de consumo

Não importa tanto a forma que você irá consumir a linhaça. Todas elas tem vantagens e desvantagens, sendo a melhor forma de consumo feita quando colocando todas as formas em sua dieta diária. (Foto: made-in-china.com)

Linhaça em cápsulas

A linhaça em cápsulas é basicamente o óleo colocado em cápsulas. Se você sabe que está começando a colocar a linhaça em sua dieta e pode deixar de usar o óleo em pouco tempo, as cápsulas podem te dar o que você precisa sem se preocupar tanto com a data de vencimento do produto. Uma vantagem muito boa das cápsulas é que por terem o mesmo formato de remédios, você pode criar uma rotina de consumo mais facilmente, desde que seja bem instruído por um nutricionista.  O valor médio para 100 cápsulas é de R$24,00.

Linhaça moída/triturada e farinha de linhaça

A linhaça moída/triturada ou a farinha de linhaça tem a vantagem de poder ser acrescentada com facilidade em qualquer alimento, sem uma grande alteração no sabor. O problema é que ao triturar a linhaça, muitos nutrientes podem ser perdidos, principalmente os ácidos graxos essenciais. Mesmo as melhores marcas não podem garantir ter todos os nutrientes que estão presentes na semente in natura. O valor médio para cada 200 g é de R$7,00.

Semente de linhaça

É a melhor forma de consumo da linhaça. Porém, deve-se tomar muito cuidado com seu consumo em excesso, visto que sua forma natural contém alta concentração dos nutrientes que fazem da linhaça famosa. A necessidade de germinar as sementes, ou seja, hidratar as sementes, também torna este consumo um pouco menos prático do que as outras opções. Se você tem tempo e gosta de uma vida saudável, você deve fazer a escolha pela semente. O preço médio para 1 kg de semente de linhaça é de R$20,00.

Onde comprar?

Se você tem dificuldades para encontrar a linhaça em sua cidade, sua melhor opção é encomendar pela internet. Nós pesquisamos nossos preços através deste link que vai para o site do MercadoLivre. Só não incluímos os valores do frete pois varia de região para região. Faça sua pesquisa também e nos dê sugestões de mais lugares onde possamos comprar a linhaça.

Como comer a linhaça

A linhaça tem efeitos muito positivos para a saúde das pessoas, porém é necessário observar a melhor maneira de consumir a linhaça.

Como comer linhaça

Linhaça

Na Universidade Federal do Rio Grande do Norte, a equipe do departamento de nutrição estava investigando o consumo da linhaça sob outro ponto de vista: a segurança. A nutricionista Ana Vládia Bandeira Moreira dia que, embora a linhaça apresente substâncias muito benéficas para a saúde e que previnem doenças graves, existem também na linhaça compostos que podem interferir na absorção de nutrientes. Estes compostos, formados em sua maioria por proteínas, podem ter seu efeito anulado se a linhaça for deixada no forno baixo por 15 minutos antes de ser consumida. Obviamente, se a linhaça for usada em receitas que já vão mesmo ao forno,  isto não precisa ser feito.

Uma outra dica importante com relação ao consumo da linhaça é triturá-la no liquidificador. A casca da linhaça é muito resistente e pode passar intacta pelo aparelho digestivo, o que faria com que os nutrientes da linhaça não fossem absorvidos. Neste caso de bater no liquidificador, a linhaça deve ser consumida logo, pois ela se oxida muito rapidamente, perdendo parte de seus nutrientes.

Em relação à quantidade de linhaça que podemos comer, isto ainda não é um consenso. Há vários conselhos de nutricionistas e nutrólogos de porções bem diferentes, de 25 a até 45 gramas por dia. Seja qual for a sua dose de consumo diário de linhaça, a inclusão da semente no seu cardápio deve ser gradativa, aos poucos.

Emagrecer comendo linhaça

Semente da linhaça é sem dúvida um alimento que lhe ajuda a perder peso.  Porém, todos sabemos que não existem milagres quando falamos a respeito de emagrecimento.

Salvo em situações muito específicas, não há outra maneira de emagrecer: dieta e exercícios. Aí sim, nesta dieta a semente da linhaça pode lhe ajudar.

 

Contudo todas as regras anteriores continuam valendo. É preciso força de vontade, autocontrole, auxílio das pessoas próximas, compreensão das pessoas que amamos. Com tudo isto, fica menos difícil perder os quilinhos que temos a mais.

A dieta que inclui a semente de linhaça tem o benefício de aumentar a sensação de saciedade. É um alimento rico em fibras que pode ser consumido no café da manhã, fazendo com que sintamos menos fome durante o dia. Com menos fome, fica mais fácil resistir às tentações alimentares e possivelmente comeremos menos no decorrer do dia.

É apenas este o efeito comprovado da semente da linhaça no emagrecimento. Aliada a uma dieta profissionalmente balanceada, com poucas calorias, e uma dose correta de exercícios, a linhaça pode ser de grande ajuda na redução do peso e no controle da hipertensão e do diabetes.

Quer saber mais sobre linhaça? Pesquise aqui!