A farinha de linhaça nada mais é do que a semente da linhaça triturada. A principal vantagem existente em triturar a semente da linhaça é que isto torna facilita o seu consumo de maneiras ainda mais variadas, como em bolos, tortas e vitaminas.

Outra vantagem existente em triturar a semente da linhaça é que nosso organismo muitas vezes não chega a digerir a semente da linhaça quando a mesma é consumida inteira, não absorvendo assim os nutrientes. Ao triturar, a absorção fica mais fácil e aproveitamos melhor todas as propriedades medicinais da semente de linhaça.

O Omega3 é um destes nutrientes, e fica na parte interna da semente. Acontece que, com a trituração, colocamos este e outros nutrientes em contato com o ar, o que pode ocasionar a oxidação e consequente perda gradativa das propriedades nutricionais. Por isto, ao abrir a embalagem da farinha da linhaça, é recomendado que a transfira para um vasilhame bem fechado e armazene longe do calor. Convém lembrar que a validade especificada no rótulo é para a embalagem ainda fechada. Após abrir, a farinha de linhaça deve ser consumida em alguns dias, pois a validade se reduz.

Logo, ao comprar a farinha de linhaça, procure comprar apenas o necessário para o seu consumo imediato. Dessa forma, você terá sempre a garantia de estar consumindo produtos novos e de alta qualidade.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)