Artigos sobre Calorias da linhaca

Linhaça engorda?

Pelo alto nível energético e pela presença de gordura, muitas pessoas se perguntam se a linhaça na verdade engorda. A resposta é: não! Pois essa gordura da linhaça é simplesmente o ômega 3 e ômega 6, tipos de gorduras que não são produzidas pelo corpo e precisam ser consumidas através da alimentação. Eles são conhecidos no combate aos radicais livres e prevenção do envelhecimento precoce.  Ajudam também na prevenção de problemas cardiovasculares e  de aterosclerose causada por aumento do colesterol. A única atenção com a linhaça é observar a dosagem máxima diária de ingestão, pois o que engorda é o desequilíbrio alimentar e o excesso, não a simples ingestão da linhaça. Não existe consenso acerca da dose recomendada, mas estudos indicam uma a duas colheres de sopa por dia para adultos, na forma de sementes ou farinha. O que significa 78 calorias ingeridas.

Confira o número de calorias por medida:

1 colher de sopa (8g) – 39 calorias
¼ xícara de chá (32g) – 156 calorias
½ xícara de chá (65g) – 318 calorias
1 xícara de chá (130g) – 637 calorias

Linhaça para emagrecer

Linhaça no auxílio ao emagrecimento

A ingestão de 78 calorias em 2 colheres de sopa de linhaça por dia, aliada a uma alimentação balanceada, não engorda tendo em vista os efeitos que a linhaça proporciona.  Suas fibras são responsáveis pela sensação de saciedade, muito importante para comedores compulsivos e pessoas muito famintas. Quando chegam ao sistema digestivo as fibras solúveis da linhaça formam um gel que preenche espaço no estômago. Por esta razão o organismo permanece mais tempo com a sensação de satisfação, e a pessoa come menos. Além disso, esse gel em torno da linhaça forma um espessamento da mucosa do intestino, diminuindo a absorção de gordura pelo organismo.

O ômega 3 e 6, dito anteriormente, também auxilia no combate à obesidade, pois uma de suas causas é a inflamação das células do tecido adiposo, que ocasiona acúmulo de gordura corporal. Os ômega 3 e 6 (ácidos graxos poli-insaturados, também conhecidos por gorduras boas) agem como anti-inflamatórios naturais, auxiliando o emagrecimento. Estas “gorduras boas” também aceleram o metabolismo, obrigando o corpo a queimar mais energia para se manter. Portanto, tendo em vista o número de calorias da linhaça frente à seus benefícios, fique com os benefícios que se voltarão justamente contra a gordura ruim e causas da obesidade.

Dieta da linhaça

Emagrecer é uma das tarefas mais difíceis nos dias atarefados em que vivemos. Há vários casos de pessoas que emagrecem com dietas desequilibradas e depois voltam a ganhar peso, muitas vezes ficando acima do peso que estavam antes de começar a dieta.  Esta questão de emagrecimento é um problema principalmente feminino, mas que vem causando preocupação em um número cada vez maior de homens, tanto pela questão estética quanto pela saúde.

Uma nova dieta envolvendo o consumo de linhaça promete acabar com este “efeito sanfona”. Em um episódio do Globo Repórter sobre linhaça, foram entrevistadas várias pessoas que conseguiram emagrecer com a dieta da linhaça.

Existem três tipos principais de linhaça: a linhaça dourada, que tem maior quantidade de ômega-3 e ômega-6, isto comparado com a linhaça marrom e com a linhaça marrom desengordurada. As gorduras poliinsaturadas da linhaça são benéficas ao coração, quando consumidas em quantidade adequada (consulte um nutricionista).

A linhaça é um dos alimentos mais ricos em fibras, o que dá uma maior sensação de saciedade logo no café da manhã. Isto faz com que o paciente se alimente menos no decorrer do dia.

Portanto, no café da manha: misture linhaça no iogurte, no leite ou com algum suco de fruta. Também é possível fazer um sanduíche com pão integral, alface e peito de frango grelhado.

É uma dieta difícil de seguir, e precisa ter regularidade como qualquer outra.  A vantagem principal da dieta da linhaça e talvez o grande motivo de seu sucesso, é que a linhaça ajuda reduzir a sensação de fome, tornando menos difícil o controle da compulsão alimentar.

Aviso importante: não inicie nenhuma dieta ou modificação em sua alimentação sem antes consultar um médico ou nutricionista.

Emagrecer é uma das tarefas mais difíceis nos dias atarefados em que vivemos. Há vários casos de pessoas que emagrecem com dietas desequilibradas e depois voltam a ganhar peso, muitas vezes ficando acima do peso que estavam antes de começar a dieta.  Esta questão de emagrecimento é um problema principalmente feminino, mas que vem causando preocupação em um número cada vez maior de homens, tanto pela questão estética quanto pela saúde.Uma nova dieta envolvendo o consumo de linhaça promete acabar com este “efeito sanfona”. Em um episódio do Globo Repórter sobre linhaça, foram entrevistadas várias pessoas que conseguiram emagrecer com a dieta da linhaça.

Existem três tipos principais de linhaça: a linhaça dourada, que tem maior quantidade de ômega-3 e ômega-6, isto comparado com a linhaça marrom e com a linhaça marrom desengordurada. As gorduras poliinsaturadas da linhaça são benéficas ao coração, quando consumidas em quantidade adequada (consulte um nutricionista).

A linhaça é um dos alimentos mais ricos em fibras, o que dá uma maior sensação de saciedade logo no café da manhã. Isto faz com que o paciente se alimente menos no decorrer do dia.

Portanto, no café da manha: misture linhaça no iogurte, no leite ou com algum suco de fruta. Também é possível fazer um sanduíche com pão integral, alface e peito de frango grelhado.

É uma dieta difícil de seguir, e precisa ter regularidade como qualquer outra.  A vantagem desta dieta é que a linhaça ajuda reduzir a sensação de fome, tornando menos difícil o controle da compulsão alimentar.

Aviso importante: não inicie nenhuma dieta ou modificação em sua alimentação sem antes consultar um médico ou nutricionista.

Quer saber mais sobre linhaça? Pesquise aqui!