Sal rosa do Himalaia, para que serve?

Escrito na categoria "Linhaça" por André M. Coelho.

Apesar de “Himalaia” em seu nome, o sal rosa do Himalaia é encontrado principalmente no Paquistão. É uma forma de sal muito procurada por sua adorável tonalidade rosa e é comercializada como um substituto mais saudável do sal de mesa.

Nos últimos anos, este sal vem ganhando uma grande popularidade, mas o que tem deixado este sal tão popular?

Tem iodo no sal rosa do Himalaia? E outros nutrientes?

A maioria das fabricantes Na verdade, embora o sal rosa do Himalaia possa conter traços mais elevados de certos nutrientes importantes, como o magnésio, ele não contém o suficiente para causar impacto. Nutricionalmente, este sal bonito é extremamente semelhante ao sal normal.

Embora muitas pessoas aleguem os benefícios do sal marinho do Himalaia, incluindo níveis mais baixos de sódio e uma maior variedade de minerais e elementos importantes em comparação com o sal de mesa convencional, há poucas evidências de que essas alegações de saúde tenham algum mérito.

O que é o sal rosa do Himalaia?

O sal rosa do Himalaia é extraído nas montanhas Salt Range, na remota região de Punjab, no Paquistão, ao sul de Islamabad. É uma forma de sal-gema que obtém sua cor rosada das impurezas contidas no sal. O sal rosa do Himalaia foi extraído por centenas de anos, pelo menos desde os anos 1200, e historicamente tem sido usado para preparação e preservação de alimentos.

Os oligoelementos do sal rosa do Himalaia dão ao sal seu tom rosa, que pode variar de uma cor rosa sutil a um rosa vibrante muito mais variado. O sal rosa finamente moído parece mais claro em sua cor rosada do que a versão grosseira que você colocaria em um moedor de sal.

Às vezes, o sal rosa do Himalaia foi comercializado como sal marinho jurássico, mas foi formado muito antes do período jurássico. Além disso, ele é encontrado nas montanhas, não no mar.

Sal rosa do Himalaia para dieta

O sal rosa do Himalaia tem mais minerais e pode ajudar a complementar sua dieta. (Imagem: Sixty and Me)

Qual a diferença entre o sal comum e o sal rosa do Himalaia?

Apesar de muitas alegações de saúde não comprovadas sobre o sal rosa do Himalaia, ele é quimicamente semelhante ao sal de mesa comum, que é o cloreto de sódio (NaCl). O sal de mesa regular tem 581mg de sódio por 1/4 colher de chá. O sal rosa do Himalaia tem 388mg de sódio por 1/4 colher de chá.

Essa disparidade ocorre porque o sal rosa é menos denso do que o sal de mesa comum devido à sua moagem geralmente mais grossa. Quando comparados por peso, os dois são equivalentes em teor de sódio.

O sal rosa do Himalaia contém minerais e elementos extras que o sal de mesa comum não contém. Por exemplo, o sal rosa do Himalaia contém traços de potássio, cálcio e magnésio, todos os minerais de que seu corpo precisa para se manter saudável. No entanto, os valores globais são muito baixos.

O sal rosa do Himalaia não contém quantidades suficientes de cálcio, potássio e magnésio para fazer qualquer tipo de diferença em sua saúde.

Na verdade, a maioria dos rótulos nutricionais de várias marcas de sal rosa do Himalaia indicam em seus rótulos de informações nutricionais que uma porção do sal contém 0% do valor diário desses nutrientes. Isso é um pouco enganoso porque o sal contém um pouquinho dos três. Mas, como uma porção de sal (cerca de 1/4 de colher de chá) contém menos de 1% de qualquer um desses minerais, o rótulo deve indicar que o conteúdo é zero.

Cerca de 4,6 colheres de chá de sal rosa do Himalaia contém cerca de 6% da ingestão diária recomendada de ferro. No entanto, essa quantidade de sal é prejudicial à saúde apenas para obter um pouco de ferro. Alguns fabricantes afirmam que o sal rosa do Himalaia contém dezenas de minerais, mas há poucas pesquisas independentes para comprovar isso.

Qual são os benefícios do sal rosa do Himalaia?

Só porque o sal rosa do Himalaia não traz nenhum aumento nutricional especial, não significa que você deve evitá-lo. É perfeitamente saudável usá-lo como substituto do sal de mesa convencional – mas esteja ciente de que as afirmações de marketing que prometem o “Nirvana” mineral são infundadas. Mesmo assim, muitas pessoas escolhem esse sal simplesmente por sua divertida cor rosa, que é um bom motivo para comprá-lo.

Sal rosa do Himalaia: para que serve e como usar?

Como o sal rosa do Himalaia é nutricionalmente quase igual ao sal de mesa, você pode usá-lo na culinária e em outras preparações de alimentos da mesma forma que usa o sal de mesa. É possível comprar sal rosa finamente moído, que você pode usar em qualquer saleiro. No entanto, muitas pessoas preferem a moagem mais grossa. O sal mais grosso pode ser usado para esfregar a carne, para polvilhar sobre os vegetais enquanto são refogados ou em um moedor de sal decorativo.

É importante observar o consumo de sal. Muito sódio pode contribuir para a hipertensão, o que, por sua vez, pode ser um fator de risco para doenças cardíacas, derrame e outros problemas de saúde. As diretrizes dietéticas para americanos recomendam o consumo de menos de 2.300 mg de sódio por dia. Em média, os americanos consomem cerca de 3.700 mg de sódio por dia.

Se seu nutricionista ou médico tiver recomendado diminuir a ingestão de sódio, considere uma alternativa ao sal chamado cloreto de potássio. Tem o mesmo sabor, mas sem sódio. Além disso, procure temperos sem sal para dar sabor às suas refeições.

Há muito entusiasmo em torno dos supostos benefícios extraordinários para a saúde de diferentes tipos de sal, mas pouca ciência médica para apoiá-lo. O sal rosa do Himalaia oferece uma cor visualmente atraente e algumas pessoas dizem que adiciona um sabor mais ousado e interessante aos alimentos. Sua melhor aposta é usar o sal rosa do Himalaia como um complemento incomum para seus pratos e seu saleiro, e planeje obter seus nutrientes essenciais de outras maneiras.

Dúvidas? Deixem nos comentários suas perguntas!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Desde que era obeso na adolescência, André teve que se preocupar com uma dieta saudável. Mesmo assim, aos 30 anos, teve um AVC que exigiu ainda mais mudanças na dieta. Encontrou na linhaça uma ótima fonte de nutrientes. Assim, passou a pesquisar alimentos e escrever sobre como usar a linhaça para melhorar a saúde.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista. Procure sempre orientação médica presencial antes de consumir ou utilizar qualquer produto ou substância.

Deixe um comentário