5 alimentos com ômega 3

Escrito na categoria "Dieta da linhaça" por André M. Coelho.

Ômega-3 é uma gordura essencial que seu corpo precisa em quantidades equilibradas. Eles são poderosos antiinflamatórios e comprovadamente combatem a depressão e a ansiedade, melhoram a saúde dos olhos, melhoram os fatores de risco para doenças cardíacas, ajudam na perda de peso entre dezenas de outros benefícios.

Se você quer aumentar sua ingestão de ômega 3 de forma saudável, é importante consultar um nutricionista ou nutrólogo para auxiliar na construção de uma dieta equilibrada. Além disso, é importante conhecer as melhores fontes de ômega 3 para sua dieta, de maneira a acrescentar esses alimentos no dia a dia.

Alimentos com ômega 3: linhaça

As sementes de linhaça são excelentes para pele e cabelos saudáveis, perda de peso, redução do colesterol e saúde digestiva. 28 g de linhaça contém 8 gramas de fibra, 6 gramas de proteína e 6 gramas de ômega-3. Elas também são uma grande fonte de vitamina B6, ferro, potássio, cobre e zinco.

É recomendável não abusar do consumo de linhaça no dia a dia. Cerca de duas colheres de sopa por dia são mais do que o suficiente para uma dieta equilibrada e saudável com a linhaça.

Alimentos ricos em ômega 3: cânhamo

Uma porção de 30 gramas de sementes de cânhamo contém 10 gramas de proteína completa e altamente digerível, e eles são a única semente que contém o equilíbrio perfeito de ômega-6 a 3 (4:1). Seu sabor leve e oleaginoso faz com que seja fácil adicionar aos alimentos doces ou salgados e até mesmo comer diretamente da sacola.

É uma boa combinação para se fazer com a linhaça, principalmente por conta do sabor diferenciado. Pode ser uma opção se você não se adaptar bem à linhaça, ou um complemento para diversificar nas receitas do dia a dia.

Alimentos com ômega 3

Encontre boas fontes de ômega 3 para manter seu metabolismo em dia. (Foto: YouTube)

Alimentos que tem ômega 3: sementes de chia

Este superalimento popular contém 11 gramas de fibra, 4 gramas de proteína e 5 gramas de ômega-3 a cada 28 gramas. Ele também fornece uma boa quantidade de cálcio, manganês, magnésio, fósforo, vitamina B3, B1, B2 e potássio. Sementes de Chia são ótimas para pudins saudáveis ​​ou até bolinhos. São ótimas opções para intercalar com as sementes de linhaça e de cânhamo.

Oleaginosas como fonte de ômega 3

As oleaginosas são fortes antioxidantes repletas de vitamina E, folato, melatonina e apenas 28 g pode proporcionar 94% da sua dose diária de ômega-3. Tente completar seus pratos favoritos com oleaginosas trituradas e diversifique no tipo de oleaginosas para diferentes sabores. Amêndoas, nozes, pistaches, amendoim, castanhas de caju, castanhas do Pará, entre outras opções, tem sabores únicos e muito bons para suas receitas.

Gemas de ovos podem ser ricas em ômega 3

Estudos mostram que as galinhas criadas soltas e que se alimentam de insetos, sementes e grãos, produzem ovos com menor teor de colesterol e maiores em gorduras ômega-3 saudáveis. Como a gema contém todos os nutrientes e metade da proteína do ovo inteiro, não as jogue fora. Desfrute de omeletes de ovo inteiro ou experimente receitas de maionese caseira. Diversifique nos seus pratos e os ovos poderão ser uma saborosa adição a qualquer receita. É interessante combinar os ovos com as sementes ou oleaginosas acima para uma dose extra de sabor e de fibras, o que pode ajudar bastante em intestinos funcionando bem e de forma saudável.

Como você obtém sua dose diária recomendada de ômega 3? Compartilhe nos comentários abaixo!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Desde que era obeso na adolescência, André teve que se preocupar com uma dieta saudável. Mesmo assim, aos 30 anos, teve um AVC que exigiu ainda mais mudanças na dieta. Encontrou na linhaça uma ótima fonte de nutrientes. Assim, passou a pesquisar alimentos e escrever sobre como usar a linhaça para melhorar a saúde.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos ou utilize substâncias sem a indicação de um médico especialista. Procure sempre orientação médica presencial antes de consumir ou utilizar qualquer produto ou substância.

Deixe um comentário