Se para os carnívoros a linhaça é um alimento de muita serventia nutricional, para os vegetarianos a linhaça é um alimento mágico, com uma capacidade enorme de suprir os nutrientes faltosos da alimentação vegetariana. Os ácidos graxos ômega 3, presentes principalmente em peixes, são os nutrientes que os vegetarianos não conseguem facilmente suprir. A linhaça é um desses poucos alimentos que contam com o ômega 3 e ômega 6 em abundância, sendo a principal fonte desses ácidos graxos para os vegetarianos. Um estudo feito com vegetarianos na Austrália partiu de indivíduos com baixo índice de ômega 3 no sangue, e após 28 dias de consumo diário de linhaça constatou-se que o nível havia aumentado, um resultado diretamente obtido pela linhaça.

Linhaça e vegetarianismo

Consumo da linhaça por vegetarianos

Os vegetarianos e principalmente os veganos devem, no entanto, ingerir o dobro do ômega 3 em relação aos não vegetarianos para que o nutriente seja de fato absorvido na quantidade necessária para o organismo. 3 gramas ao dia é a quantidade recomendada, e pode ser obtida de acordo com a seguinte medida:

  • 1 colher de chá do óleo de linhaça contém em média 2,7 gramas de ômega 3.
  • 1 colher de sopa da semente de linhaça contém em média 2 gramas de ômega 3.
Recomendamos sempre o consumo da linhaça em sua forma de farinha, pois tendo em vista que a casca da semente é dura e resistente, muitos dos nutrientes não são liberados e absorvidos pelo organismo. A semente triturada e em forma de farinha libera os nutrientes latentes e é mais bem aproveitada.
Para os vegetarianos também é recomendado o óleo de linhaça, com concentração de ômega 3 mais alta que o da semente, como pudemos ver acima.
Lembramos que uma alimentação vegetariana deve ser completa e variada. Com muitos legumes, verduras, grãos, sementes e frutas, assim como com suplementos vitamínicos e alimentares. Sendo assim é possível repor todos os nutrientes perdidos pela falta de carne tornar-se ainda mais forte e resistente que muitos carnívoros por aí!
Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos, dietas ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um médico especialista.

7 comentários para “A linhaça na nutrição vegetariana”

  1. Guedes Maria de Fátima

    Uso linhaça há 2 anos e me dou super bem

    Responder
  2. Shirley

    Esse produto e muito bom, posso também mistura com farelo de trigo obrigada

    Responder
    • Equipe Linhaça

      Sim, mas siga as instruções e orientações do seu nutricionista antes de acrescentar a linhaça na sua alimentação.

      Responder
  3. Donato

    Posso usar a farinha da linhaça misturada no orroz e feijão, qual a quantidade que posso consumir?

    Responder
    • Equipe Linhaça

      Donato, até uma colher de sopa por dia está OK. Mais do que isso é arriscado.

      Responder
  4. Valéria Capalbo

    Boa tarde!
    Tenho um filho de 10 anos, posso incluir farinha de linhaça nas refeições dele e qual a quantidade ideal.
    Grata!

    Responder
    • Equipe Linhaça

      Olá Valéria, sugerimos que consulte um médico e pergunte se dentro das condições de saúde de sue filho, se este consumo é adequado.

      Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)