Farelo, germe e endosperma: estes são todos os componentes de um único grão inteiro. Enquanto os fabricantes de alimentos podem refinar grãos para torná-los mais palatáveis, grãos integrais são o caminho a percorrer para uma saúde melhor. Estes grãos são pobres em gordura, ricos em nutrientes e em fibras. Pelo menos a metade de sua ingestão diária de grãos deve ser composto de cereais integrais.

Riqueza em nutrientes

Quando os grãos são refinados, tanto o farelo quanto o germe são removidos, o que permite a comida durar mais tempo nas prateleiras da loja. Mas quando essas peças são retiradas, os nutrientes são removidos também. Ao contrário de grãos refinados, os grãos integrais contêm mais vitaminas e minerais, incluindo selênio, potássio e magnésio, ácido fólico e vitamina E. Os grãos integrais também têm mais fitoquímicos que têm propriedades anti-inflamatórias, tais como os flavonóides, lignanas e fitosteróis.

Luta contra doenças

Os cereais integrais têm sido mostrados para prevenir uma série de doenças crônicas, incluindo diabetes tipo 2. Comer grãos integrais pode reduzir o risco de diabetes tipo 2, entre 21 e 30 por cento. Comendo grãos integrais também tem mostrado como responsável por reduzir o risco de doença cardíaca, entre 25 e 38 por cento e o risco de acidente vascular cerebral em 30 a 36 por cento. Os cereais integrais ajudam a te fazer sentir satisfeito por mais tempo, o que pode ajudá-lo a manter um peso saudável, reduzindo assim o risco para essas condições crônicas de saúde.

Benefícios dos integrais

Com mais nutrientes e benefícios para a saúde, é difícil acreditar que pouca gente prefere os grãos integrais. (Foto: drgullo.com)

Fontes de fibras

Os cereais integrais são ricos em fibras. Alimentos ricos em fibras são benéficos porque promovem a regularidade digestiva por adicionar volume ao bolo alimenta e suaviza-lo, tornando-o mais fácil de passar pelo trato intestinal e sair. As dietas ricas em fibras ajudam a reduzir o risco de ocorrência de diverticulose, uma condição de saúde em que pequenas bolsas formam no cólon e podem tornar-se dolorosas ou inflamadas.

Identificando os grãos integrais

A partir de grãos integrais a grãos enriquecidos, os rótulos dos alimentos podem ter informações confusas. Você pode olhar para o selo de alimentos integrais.  Você também pode olhar na parte de trás de um rótulo dos alimentos. Se “grãos integrais” estão entre os primeiros ingredientes listados, isso significa grãos inteiros compõem a maior parte do produto. Ingredientes de grãos inteiros incluem cevada, arroz integral, trigo mourisco, painço, aveia, pipoca, farinha de trigo integral e arroz selvagem.

Cuidados com o consumo de grãos integrais

Geralmente, não há nenhum problema em trocar os alimentos de sua dieta por grãos integrais. Porém, nossa recomendação é que você o faça sob orientação e tutela de um bom nutricionista e um médico, afim de acompanhar suas reações e sua dieta nova, garantindo assim uma boa nutrição e otimizando os efeitos dos grãos integrais na sua dieta.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO receitamos ou prescrevemos substâncias ou tratamentos. NUNCA faça tratamentos, dietas ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um médico especialista.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)